Sandro Moreira comemora resultado de pesquisa e diz que “entrou na política para fazer a diferença”

with Nenhum comentário

Uma pesquisa encomendada pelo programa Bahia No Ar avaliou o desempenho dos vereadores de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O resultado foi divulgado na manhã desta sexta-feira (20/12) pelo radialista Roque Santos, durante a primeira edição do programa.

De acordo com o levantamento, que entrevistou eleitores em diversos pontos da cidade, o líder da bancada de oposição, Sandro Moreira ( PSL) aparece na primeira colocação como vereador destaque, ao lado do atual presidente da Câmara, Orlando de Amadeu e do Dr. Alfredo Assis, os três com 17% cada.

Para Sandro Moreira, o resultado do levantamento é reflexo de um trabalho pautado no bem comum, na ética parlamentar e no compromisso com o povo simõesfilhense.

“Eu fico muito feliz em saber que meu nome aparece em posição de destaque entre os 19 vereadores que compõem o parlamento simõesfilhense. Quem conhece a minha história de lutas e de conquistas sabe que eu não entrei na política para legislar em causa própria, mas sim para fazer a diferença, defendendo os interesses da população, que me confiou o voto e de maneira democrática me outorgou como seu legítimo representante”, disse Moreira.

O vereador tambem comentou sobre o empate com o presidente da Câmara de Vereadores e com o seu parceiro de oposição, Dr. Alfredo Assis.

“Considerando que Orlando está com a máquina na mão, tendo em vista que ele é o presidente da Casa e que Dr. Alfredo, por quem inclusive eu tenho grande apreço e admiração é veterano, eu me sinto ainda mais honrado e prestigiado, já que estou vereador em meu primeiro mandato. Essa conquista envolve minha família, meus amigos e todos os eleitores que acreditam em mim e apoiam o meu trabalho”, completou.

Moreira ainda declarou que não é fácil fazer oposição contra uma maioria absoluta de 15 vereadores, contudo, ele sempre será a favor do povo, mesmo que isso provoque um mal estar entre os demais edis. Ele também se lembrou que durante o ano, por diversas vezes teve o direito a fala cerceado na Câmara, mas que isso não o impediu de exercer o seu papel de parlamentar.

Deixe uma resposta