Munícipes comentam sobre a postura do vereador Sandro Moreira; “Excelente xadrezista”

with Nenhum comentário

A aprovação do projeto de Lei 031/2018 oriundo do poder Executivo, votado em sessão ordinária na última terça-feira (11/12) ainda está dando o que falar, especialmente nas redes sociais.

Surpresos com a atitude do vereador Sandro Moreira, que apesar de ser líder da bancada de oposição, como presidente da Comissão de Justiça da Casa Legislativa assinou favorável o parecer do projeto que cria a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Simões Filho, vários munícipes utilizaram as redes sociais para parabenizar a postura ética e profissional do edil.

Alguns cidadãos compararam Sandro Moreira com um jogador de xadrez, que de maneira inteligente “move todas as peças necessárias” para que, no final do jogo, a população seja beneficiada e sagrada vencedora.

“O inevitável xeque-mate foi assinado pelo xadrezista e presidente da comissão de justiça, o Sandro Moreira, o mesmo com ações coerentes de parlamentar, vem tendo êxito em seus projetos de indicação de sua autoria. Sendo assim, em mais uma de suas atribuições de parlamentar, devolveu o direito legal da população em ter uma secretaria específica para tentar limpar a cidade, a qual vivência abandono total, revoltando portanto os barganheiros”, disse um internauta.

Em outro comentário, Moreira é citado como lutador que, de maneira estratégica utiliza as ferramentas necessárias para que seus objetivos sejam alcançados.

“Com ações precisas de lutador, Sandro Moreira tem demonstrado ser excelente jogador de xadrez da gestão pública, desta forma, fez com que seus nobres colegas provassem do seu próprio veneno, trazendo total indignação aos edis”.

Por fim, outro cidadão descreve o que para ele é a comprovação da competência de um parlamentar comprometido em defender os interesses do povo e que coloca a população sempre acima dos seus interesses pessoais.

“Vereadores, projetos de leis com argumentos que comprovam juridicamente beneficiar a população, o parlamentar, por mais que seja oposição de grupo e não da população, jamais poderá ser contra, mesmo que seu desejo seja este. Até porque, essa secretaria já existia no tempo do mestre político e hoje deputado eleito, Eduardo Alencar. Portanto, com a “extinção ou melhor, unificação da pasta sobrecarregando o serviço e agora sua recriação” só comprova a incompetência administrativa do senhor Dinha como gestor e carimbada com assinatura do presidente da Comissão de Justiça, Sandro Moreira, a competência do gestor Eduardo Alencar e isso com certeza ninguém pode negar”, finalizou o munícipe.

Deixe uma resposta