“O que me impressiona é que Neco foi secretário várias vezes, foi omisso nas suas ações e hoje age como se nada soubesse”, dispara Sandro Moreira

with Nenhum comentário

O embate entre o líder da oposição em Simões Filho, Sandro Moreira (PSL) e o líder do governo, Neco Almeida (PSD) durante a sessão desta terça-feira (27/08) voltou a movimentar as discussões na plenária, que nos últimos dias estavam amenas.

Após discursar em apoio ao vereador Vel, que pediu melhorias para os bairros de Simões Filho I e Góes Calmon, Sandro Moreira foi interpelado pelo vereador Neco, que como sempre, jogou a culpa do abandono e da situação precária em que vivem as comunidades, ao ex-prefeito e hoje deputado estadual Eduardo Alencar.

Sem hesitar, Moreira pediu uma questão de ordem para rebater as palavras do edil, lembrando que Neco, além de vice-prefeito também foi secretário de serviços públicos por vários anos consecutivos, mas parece que esqueceu do seu histórico político e hoje só faz criticar o governo do qual ele fez parte.

“Quando eu falo das questões relacionadas a nossa luta pela melhoria da cidade, eu falo para todos os vereadores, para o prefeito que hoje está na pasta e falo para o prefeito que passou também. Eu nunca me omiti em admitir e reconhecer que houve falhas na gestão anterior. O que me deixa impressionado é que o vereador Neco foi secretário várias vezes nesta cidade, foi omisso nas suas ações e hoje ele faz uma defesa como se ele não soubesse o que acontecia na cidade”.

Sandro comentou que, não só tem segurança em apontar os erros da gestão anterior, como também tem a consciência tranquila e o prestígio de quem desempenhou um excelente trabalho no período em que esteve a frente da 25° Ciretran, e esse reconhecimento vem do carinho que ele recebe constantemente da população, em cada canto da cidade.

“Eu fui diretor geral do Ciretran e tenho orgulho de dizer que durante os quatro anos que eu fiquei lá, eu dei conta do recado. Estive lá e saí com o sentimento de dever cumprido. Vossa excelência, vereador Neco, infelizmente, fez parte do governo e não fez o dever de casa”, disparou Moreira.

Moreira salientou ainda que, não adiante colocar a culpa dos problemas da cidade na gestão passada, porque o prefeito atual tem plena autonomia para gerencias o município e resolver os problemas, ao passo que, ele como vereador e todos os demais, foram eleitos para fiscalizar.

“Quando eu falo tudo que está acontecendo na cidade é porque o prefeito hoje é Diógenes Tolentino e eu como vereador, eleito democraticamente, tenho obrigação de cobrar do prefeito que hoje está na pasta, como a população tem obrigação de cobrar de nós que somos vereadores, para defender o direito do povo. Todos nós temos dever de cobrar do prefeito e isso eu faço, doa a quem doer. Se ele é líder de governo, eu sou líder de oposição e estou aqui cumprindo minha obrigação, fazendo meu dever de casa”, finalizou.

Assista ao vídeo do pronunciamento:

Deixe uma resposta